sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Os que já se foram.

Altemar Dutra de Oliveira (6 de outubro de 1940 – 9 de novembro de 1983), cantor brasileiro, nasceu no município de Aimorés, estado de Minas Gerais. Iniciou sua carreira na Rádio Difusora de Colatina, no Espírito Santo, localidade para onde sua família havia-se mudado. Antes de completar sua maioridade, seguiu para o Rio de Janeiro, para tentar a sorte como crooner em boates e casas de espetáculos.

Sucesso em toda a América Latina, interpretando obras como "Sentimental Demais", "O Trovador", "Brigas" e "Que Queres Tu de Mim", boa parte das canções de autoria da dupla Evaldo Gouveia e Jair Amorim, foi progressivamente destacando-se no gênero musical bolero. De fato, veio a ser aclamado como o "rei do bolero" no Brasil.

As versões em espanhol de suas gravações (cujas vendas atingiram cerca de 500 mil cópias) renderam-lhe grande fama, inclusive na comunidade latina dos EUA, para onde se transferiu, chegando a apresentar-se no renomado Carnegie Hall.

Casado com a cantora Marta Mendonça, geraram os filhos Deusa Dutra e Altemar Dutra Júnior, este também a seguir carreira artística.

Altemar Dutra morreu aos 43 anos, em 9 de novembro de 1983, em Nova York, cidade onde então vivia, vitimado por um derrame cerebral durante apresentação na boate "El Continente".

Um comentário:

Tibu disse...

seu blog tá maneiro!! gostei!! tomara que agente tenha muito sucesso com eles!!! inclusive com a parceria.

valeu abraço!

Tibu